Teste a sua autoestima

A autoestima é um indicador de como nos sentimos acerca de nós próprios. É avaliação subjetiva que fazemos de nós mesmos e que determina se características como a confiança, o respeito e a valorização estão presentes na nossa personalidade. Estas características podem ter influência nas nossas experiências pessoais e decisões.
As 15 afirmações seguintes relacionam-se com a forma como cada pessoa se vê, bem como os estados de humor que pode experienciar no dia-a-dia. Verifique se está de acordo ou desacordo com cada uma, consoante se tem sentido nos últimos dias.

SIM

NÃO

1 – Muitas vezes sinto dificuldades em dizer não nas diversas situações e saber impor limites.

2 – Demasiadas vezes faço coisas que não me dão prazer porque não quero desiludir as outras pessoas.

3 – Mantenho relações de amizade superficiais com receio de ficar sozinho.

4 – Frequentemente tenho relacionamentos amorosos destrutivos e/ou desagradáveis.

5 – Muitas vezes sinto-me desconfortável com o meu corpo e aparência física.

6 – Frequentemente tenho dificuldades em saber lidar com as críticas das outras pessoas.

7 – Regularmente sinto-me culpado por situações que aconteceram no passado e/ou presente.

8 – Constantemente penso que não sou capaz de perdoar e superar situações, magoando-me com facilidade.

9 – Sinto que sou demasiado crítico comigo mesmo.

10 – Frequentemente sinto-me inútil e rejeitado.

11 – Geralmente sinto uma preocupação excessiva acerca da opinião das outras pessoas.

12 – Muitas vezes quero dizer o que penso, porém tenho dificuldades em expressar sentimentos.

13 – Sinto um medo excessivo de ser rejeitado pelos outros.

14 – Geralmente sinto que dou mais de mim aos outros do que aquilo que recebo.

15 – Ás vezes tento esconder os meus receios e acabo por agir impulsivamente com os outros.

Se respondeu “sim” a mais do que quatro afirmações, então possivelmente pode ser necessário encontrar e dissolver emoções, crenças e sentimentos que o impedem de ter uma autoestima equilibrada.
A PSIC ajuda-o a restaurar a sua autoestima e a dissipar as emoções negativas que podem estar a afetá-lo em várias áreas da sua vida, ajudando-o a reencontrar o seu amor-próprio. Para mais informações, contacte-nos para uma consulta informativa grátis.

Sabia que a assertividade ajuda a aumentar a autoestima? Saiba como ser mais assertivo em 10 dicas para se tornar mais assertivo

Jatir Schmitt- Psicóloga Clínica

8 razões para parar de dormir mal urgentemente!

Uma noite mal dormida gera um imenso desgaste no dia seguinte e contribuí para o aparecimento de dificuldades físicas e emocionais, difíceis de superar. Ter uma boa noite de sono é uma oportunidade que devemos dar ao nosso cérebro, uma vez que é à noite que o nosso cérebro trabalha com maior intensidade, guardando e processando as informações do dia.

8 benefícios de uma boa noite de sono:

Combate a obesidade

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Combate a hipertensão

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Combate a diabetes

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Diminui o risco de doenças cardiovasculares

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fortalece a memória

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Previne a depressão

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Favorece o desempenho físico e mental e melhora o desempenho na escola e no trabalho

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Saiba que na PSIC, através de intervenções específicas de hipnoterapia, terapias psicossensoriais e biofeedback , podemos ajudá-lo a obter ferramentas cruciais que lhe permitem monitorizar o seu sono e restabelecer a sua tranquilidade. Contacte-nos para uma consulta informativa gratuita.

O bem-estar mental é um direito que deve estar ao alcance financeiro de todos. Se é estudante, está desempregado ou numa situação económica fragilizada, saiba como usufruir de preços ajustados à sua realidade em psic.com.pt/prosocial

Jatir Schmitt- Psicóloga Clínica

 

10 dicas para se tornar mais assertivo

1. AUTOCONHECIMENTO- Faça uma autoavaliação, perceba a sua forma de lidar com as situações no seu dia-a-dia. Como reage perante um imprevisto? Ou perante um problema?
2. AUTOCONTROLO- Obtenha a capacidade de controlar os seus sentimentos e emoções negativas.
3. SEJA PRÓ-ATIVO- Tome uma posição objetiva sobre determinada situação que ocorra para atingir resultados.
4. SEJA ESPONTÂNEO- Aja em conformidade consigo mesmo. Aja de acordo com as suas vontades e faça escolhas por si mesmo. Seja sincero com os seus sentimentos e intenções.
5. SEJA DIRETO- Seja claro, coerente e objetivo nas suas escolhas, aja no aqui e agora.
6. CORRA RISCOS- Aceite novos desafios. Acredite que é capaz e que pode vencer. Tome iniciativa e supere-se a si mesmo.
7. ACEITE CRÍTICAS- Saiba ouvir opiniões diferentes das suas, sem permitir que as mesmas o afetem. Saiba tirar partido daquilo que os outros têm para lhe transmitir e evolua com a diferença.
8. SEJA RESISTENTE À FRUSTRAÇÃO- Crie resistência a aspetos negativos de acontecimentos e situações. Procure entendimento para gerir conflitos.
9. SEJA SOCIAL- Mantenha relações que considere benéficas para si, tenha prazer ao comunicar com outros.
10. USUFRUA DO SEU DIREITO – Lembre-se: estamos em constante aprendizagem com a bagagem que trazemos da vida. Lute por si e acredite em si mesmo. É a sua riqueza tão própria que deve libertar, seja assertivo e mude por si.

A assertividade permite-nos alcançar o que consideramos fundamental, tal como os nossos objetivos e as metas que definimos. Ser assertivo é importante porque nos propicia um maior bem-estar, autoconfiança e autoestima.

É também, essencial porque ao sermos assertivos conseguimos expressar-nos com autenticidade, ao mesmo tempo que defendemos os nossos próprios direitos e necessidades, privilegiando sempre as nossas escolhas, sem violar os direitos dos outros.

Se precisa de ajuda individual para aumentar a sua assertividade, contacte-nos para uma consulta informativa gratuita.

Jatir Schmitt- Psicóloga Clínica