Quem são os 4 responsáveis pela nossa Felicidade

As nossas emoções são reguladas por vários neurotransmissores, sendo que a dopamina, serotonina, oxitocina e endorfina, são os responsáveis pela FELICIDADE:

  1. Dopamina – motiva-nos a agir em direção aos nossos objetivos e está associada à recompensa, memória, aprendizagem e atividade motora
  2. Serotonina – está associada ao bom humor e à tranquilidade. É importante na regulação da dor, agressividade e irritabilidade
  3. Ocitocina – é o neurotransmissor do amor. Está relacionada com a afetividade e a sensação de prazer, sendo libertada sempre que estamos na presença de pessoas de quem gostamos
  4. Endorfina – é libertada em resposta a situações de dor e stress, atuando como um analgésico na diminuição da dor

Receita apenas para quem quer ser feliz: se equilibrar a sua alimentação, praticar exercício, aproveitar as coisas boas da vida e mantiver o contato com pessoas que lhe fazem bem, estará a equilibrar estes neurotransmissores e a caminhar para o alcance da Felicidade. (Esta receita é contraindicada para pessoas que não queiram ser felizes).

 

O bem-estar mental é um direito que deve estar ao alcance financeiro de todos. Se é estudante, está desempregado ou numa situação económica fragilizada, saiba como usufruir de preços ajustados à sua realidade em  psic.com.pt/prosocial

psic-equipa-carlasantos

Carla Santos – Psicóloga Clínica

Tenho medo de tirar sangue!

O Tiago tem 30 anos e, desde sempre teve medo de tirar sangue. Este medo era pouco invalidante na sua vida, até há cerca de um ano, altura em que lhe foi diagnosticado um problema grave de saúde. No seguimento deste problema, Tiago precisava de realizar vários exames médicos, contudo sempre que era necessário tirar sangue desmaiava, o que impedia a concretização dos mesmos.

Por ser uma situação que precisava de resolver urgentemente, Tiago procurou ajuda na PSIC. Realizou um tratamento intensivo com hipnose e estratégias psicossensoriais, que lhe permitiram ultrapassar esta barreira. Atualmente, já não lhe incomoda tirar sangue e, felizmente, também conseguiu ultrapassar o problema de saúde.

Esta fobia é muito comum e o Tiago é uma das muitas pessoas que revela este medo, tão simples de resolver, mas que pode condicionar a vida de quem o sofre.

 

O bem-estar mental é um direito que deve estar ao alcance financeiro de todos. Se é estudante, está desempregado ou numa situação económica fragilizada, saiba como usufruir de preços ajustados à sua realidade em  psic.com.pt/prosocial

psic-equipa-carlasantos

Carla Santos – Psicóloga Clínica

Ganhe saúde através da respiração

Respirar é uma ação involuntária que fazemos sem nos darmos conta. Em condições normais respiramos, em média, cerca de 23 mil vezes por dia.

Já experimentou inspirar pelo nariz, reter o ar o máximo que conseguir e, de seguida soltar o ar pela boca, de uma forma lenta e profunda? Este simples exercício tem o poder de acalmar a nossa mente e corpo, promovendo o nosso equilíbrio interno.

Além disso, uma respiração correta traduz-se em vários benefícios para a nossa saúde, uma vez que o sangue tem mais oxigénio e logo o nosso organismo liberta mais endorfinas (neuro hormonas de bem-estar).

Uma respiração correta está associada a:

  • Coração mais saudável – os seus músculos não precisam de fazer tanto esforço, estão mais relaxados e há uma diminuição da pressão sanguínea
  • Cérebro com as suas funções plenas – há uma preservação das funções cognitivas e é enviada uma mensagem ao sistema nervoso central de que estamos bem
  • Corpo mais saudável – existe uma oxigenação dos tecidos corporais, refletindo-se num aumento dos antioxidantes, responsáveis pela prevenção do envelhecimento
  • Melhor qualidade do sono – as noites tornam-se mais calmas, o seu corpo descansa melhor e, consequentemente, acorda com uma melhor disposição

Se, habitualmente, respira de uma forma acelerada e superficial, saiba que é possível aprender a respirar corretamente. Comece a treinar a sua respiração hoje e ganhe saúde para a sua vida futura.

 

O bem-estar mental é um direito que deve estar ao alcance financeiro de todos. Se é estudante, está desempregado ou numa situação económica fragilizada, saiba como usufruir de preços ajustados à sua realidade em  psic.com.pt/prosocial

 

psic-equipa-ritalopes

Rita Lopes – Psicóloga Clínica