Síndrome de Burnout – o que é?

 

A síndrome de burnout é normalmente caraterizada como stresse no trabalho. No entanto, é mais do que momentos isolados de stresse laboral – é um estado permanente de exaustão física, emocional e mental.

O burnout pode manifestar-se de diversas formas:

  • Dores de cabeça e musculares frequentes
  • Tonturas e sensação de falta de ar
  • Alterações no humor, sono, apetite e gastrointestinais
  • Fadiga crónica e esgotamento
  • Ansiedade e depressão
  • Dificuldade em concentrar-se e lapsos de memória
  • Perda de motivação

Trabalhar é um sacrifício para si? Revê-se nestas dificuldades? Esteja atento e aprenda a lidar com o excesso de trabalho.

O bem-estar mental é um direito que deve estar ao alcance financeiro de todos. Saiba como em psic.com.pt/prosocial.

psic-equipa-ritalopes

Rita Lopes – Psicóloga Clínica

3 mitos sobre a ejaculação precoce

 

Ejaculação precoce é uma disfunção sexual que pode ser definida como a incapacidade de controlar a ejaculação com prejuízo para o grau de satisfação da relação sexual.

Esta disfunção está envolta em alguns mitos que dificultam a sua compreensão e consequentemente a procura da ajuda necessária.

  • Se quiser, o homem, pode facilmente controlar a ejaculação – FALSO

A ejaculação envolve mecanismos complexos controlados por neurotransmissores (serotonina, dopamina, norepinefrina) que podem ser difíceis de controlar através de um processo consciente.

  • Uso de drogas ilícitas e tabaco retardam a ejaculação – FALSO

Estudos têm revelado uma associação entre consumo de drogas e tabaco e ejaculação precoce, sendo que algumas drogas como a cocaína e anfetaminas podem mesmo conduzir à ejaculação precoce.

  • A ejaculação precoce é um problema que acaba por desaparecer com o tempo – FALSO

A ejaculação precoce pode ter origem biológica ou psicológica e tal como acontece com outras disfunções sexuais, pode agravar-se com o passar do tempo e aumento da idade, se não houver um acompanhamento adequado para a resolução do problema.

 

O bem-estar mental é um direito que deve estar ao alcance financeiro de todos. Saiba como em psic.com.pt/prosocial.

psic-equipa-carlasantos

Carla Santos – Psicóloga Clínica

Como a Mariana recuperou o sentido da vida

 

A Mariana, tinha 20 anos quando decidiu recorrer ao apoio psicológico. Sentia-se em baixo, triste, exausta, cansada, sentia que já não tinha futuro e que não tinha forças para procurar emprego. Todas as noites chorava e durante o dia pensava frequentemente em suicídio.

Após a primeira semana de tratamento a Mariana e a família notaram uma grande diferença no seu comportamento. Começou a sentir-se novamente alegre e a delinear um projeto para o seu futuro. Além disso, reparou que, devido à sua mudança, o ambiente familiar também melhorou muito. A Mariana levou ferramentas para aprender a controlar a ansiedade e lidar com a tristeza sem que isso lhe tire o sentido da vida.

Se à semelhança da Mariana sente que a sua vida perdeu o sentido, não tem projetos para o futuro e a tristeza tomou conta do seu dia-a-dia, saiba que pode recuperar a alegria de viver e reconstruir o seu futuro.

 

O bem-estar mental é um direito que deve estar ao alcance financeiro de todos. Saiba como em psic.com.pt/prosocial.

psic-equipa-carlasantos

Carla Santos – Psicologia Clínica