Deixar de fumar – 10 causas para a recaída

deixar-fumar

 

Manter-se não fumador pode ser difícil. As tentativas frustradas podem estar associadas a:

  1. Estado emocional negativo: tristeza, depressão, ansiedade, stresse.
  2. Ambivalência na decisão em deixar de fumar: querer e não querer…
  3. Teste de controlo pessoal: “é só 1 cigarro”.
  4. Estado físico negativo: desconforto da abstinência, fadiga, dor, doença.
  5. Dependência psicológica: o cigarro é tido como um companheiro.
  6. Influência de outros fumadores.
  7. Celebração: festas e momentos de alegria.
  8. Ter um dia mau: conflitos familiares, profissionais, trânsito.
  9. Exposição aos estímulos associados: tomar café, consumir bebidas alcoólicas, após as refeições.
  10. Falta de apoio profissional.

Se tiver uma recaída não está tudo perdido. Persista e mude de estratégia. A ajuda psicológica facilita este processo.

 

O bem-estar mental é um direito que deve estar ao alcance financeiro de todos. Saiba como em psic.com.pt/prosocial.

psic-equipa-ritalopes

Rita Lopes – Psicóloga Clínica

Partilhar
Comments ( 0 )

    Deixe o seu comentário

    Seu endereço de email não será publicado . Campos obrigatórios são marcados *

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.