Eles fumam, nós fumamos

O fumo passivo corresponde ao fumo produzido pelo cigarro aceso, bem como o fumo exalado pelo fumador.

O não fumador exposto ao fumo passivo, mesmo que por curtos períodos de tempo, pode apresentar: irritação dos olhos, dor de cabeça, tosse, dor de garganta ou enjoo.

Contudo, os malefícios desta exposição podem ser bem mais graves: cancro de pulmão, doenças cardíacas, infeções respiratórias, agravamento de alergias e aumento do risco de complicações ao longo da gravidez.

Se é fumador, já parou para pensar que pode estar a prejudicar a saúde de quem mais gosta? Nunca é tarde para deixar de fumar, saiba como podemos ajudá-lo em: http://www.psic.com.pt/intervecao-tabagismo/.

 

Partilhar
Comments ( 0 )

    Deixe o seu comentário

    Seu endereço de email não será publicado . Campos obrigatórios são marcados *

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.