Sabia que fumar atrasa a recuperação pós-cirúrgica?

recuperacao

Os malefícios do tabaco são bem conhecidos por fumadores e não fumadores. As suas implicações são tão profundas que há mesmo uma relação causal entre o tabagismo e complicações na recuperação pós-cirúrgica.

CICATRIZAÇÃO – A nicotina:

  • Inibe a consolidação óssea impedindo que a cicatrização seja rápida e sólida;
  • Impede a oxigenação do fluxo sanguíneo, com maior risco de rompimento de suturas;
  • Provoca vasoconstrição, dificultando a distribuição de oxigénio e nutrientes pelas células o que diminui a vitalidade e recuperação da pele;
  • Aumenta em 6 vezes a probabilidade de desenvolver uma infeção da cicatriz.

SISTEMA RESPIRATÓRIO

  • Os fumadores apresentam maior vulnerabilidade a infeções respiratórias e embolias.

SISTEMA IMUNITÁRIO

  • A diminuição da concentração de imunoglobulinas e células neste sistema, compromete as defesas naturais do organismo

Uma das recomendações fundamentais antes de uma intervenção cirúrgica é a interrupção do hábito de fumar. Porém, se quiser viver uma vida livre de todos os malefícios do tabaco, aproveite a situação e elimine este vício definitivamente.

 

Partilhar
Comments ( 0 )

    Deixe o seu comentário

    Seu endereço de email não será publicado . Campos obrigatórios são marcados *

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.