Dia Mundial da Saúde Mental – será só psicológico?

02_Saude Mental_2015A Organização Mundial de Saúde reconhece que saúde “não é simplesmente a ausência de doença ou enfermidade, mas também um estado de completo bem-estar físico, mental e social”.

Para todas as pessoas, a saúde mental, física e o bem-estar social são áreas da vida estreitamente relacionadas e interdependentes. Os nossos comportamentos, pensamentos e sentimentos exercem grande impacto na saúde física e esta, por sua vez, influencia a saúde mental e o bem-estar. A harmonia entre o corpo e a mente é muito importante para a nossa saúde em geral.

Do mesmo modo que através de uma alimentação saudável e prática regular de exercício físico, podemos melhorar a saúde cardiovascular e condição física, também é possível intervir no sentido de melhorar o estado de saúde mental. É importante procurar ajuda, não apenas quando estamos doentes, também como manutenção e prevenção para um bem-estar maior. Neste sentido, as intervenções psicológicas vão além da doença mental ou da psicopatologia. Atuam também a um nível mais preventivo ao ajudar a desenvolver mecanismos de adaptação saudáveis em momentos de crise ou conflito, ou simplesmente com o objetivo de melhorar a sua qualidade de vida. Podem contribuir para um bom estado da saúde mental ajudando a aumentar o nível de autoconhecimento, promover a gestão das emoções e a elaboração de conflitos internos.

Os sintomas como a fadiga, cansaço, dormir mal, tristeza, sensação de vazio, são reais. Vamos “empurrando” estas situações da vida, porque pensamos que “é só psicológico”. Quando ocorre um sintoma físico ou psicológico, é o nosso organismo a enviar-nos um sinal de alerta para indicar que algo não está bem na nossa vida. Assim, quando evitamos lidar com alguma situação penosa o sintoma apresenta-se em forma de doença e pode estar a encobrir a verdadeira causa. A doença é apenas um desviar do caminho, que nos indica qual o seguimento da cura. Para inverter esta causa é necessário trazer à consciência os aspetos disfarçados/negados que nos tornam infelizes e doentes. Então, quanto mais consciência acerca desses aspetos adquirimos, melhor conseguimos enfrentar o caminho e cumprir o objetivo – ter saúde.

A saúde mental é necessária para construirmos um sistema saudável e chegarmos à nossa verdadeira essência para desfrutar da vida em pleno.

 

Partilhar
Comments ( 0 )

    Deixe o seu comentário

    Seu endereço de email não será publicado . Campos obrigatórios são marcados *

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.