Tristeza ou depressão?

tristeza-depressao-11nov

Habitualmente usadas como sinónimo, tristeza e depressão, são confundidas como um todo igual. Mas afinal qual é a diferença?

  • A tristeza é uma das emoções básicas. É momentânea e adaptativa e pode surgir no decurso de situações difíceis relacionadas com a perda, fracasso, desamparo ou rejeição. Promove o recolhimento para integração destas situações dolorosas. À medida que retomamos o nosso dia-a-dia, a tristeza vai-se atenuando.

 

  • A depressão é mais do que uma profunda tristeza. É uma doença que resulta da interação entre fatores genéticos, neuroquímicos, psicológicos e ambientais. Persiste durante, pelo menos, duas semanas (habitualmente durante muito mais tempo) e durante esse período pode apresentar os seguintes sintomas:

(1) humor deprimido,

(2) perda do interesse ou prazer,

(3) alterações no apetite e sono,

(4) agitação ou lentificação,

(5) fadiga ou perda de energia,

(6) sentimento de inutilidade ou culpa excessiva,

(7) dificuldades no raciocínio, concentração e tomada de decisão, e

(8) pensamentos acerca da morte.

Aceite a tristeza como uma emoção saudável e não desvalorize a depressão!

 

O bem-estar mental é um direito que deve estar ao alcance financeiro de todos. Saiba como em psic.com.pt/prosocial.

psic-equipa-carlasantos

Carla Santos – Psicóloga Clínica

Partilhar
Comments ( 0 )

    Deixe o seu comentário

    Seu endereço de email não será publicado . Campos obrigatórios são marcados *

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.