Como sair do papel de vítima?

Como sair do papel de vítima?

É uma daquelas pessoas que acha que as coisas nunca lhe correm bem? Ou sente que a vida tem sido injusta consigo e que o azar o persegue? Desresponsabiliza-se pelas coisas que lhe acontecem? Caso seja a sua realidade, saiba que pode estar a colocar-se inconscientemente num papel de vítima.

Ao longo da vida, todas as pessoas estão sujeitas a defrontar inúmeros desafios e dificuldades. Perante as dificuldades existem duas opções:

  1. Tornar-se vítima
  2. Transformar a dificuldade em aprendizagem e motivação

A opção a seguir parece ser óbvia, mas por vezes, a opção é tomada de forma inconsciente e ser vítima é para si um hábito. Se por um lado, o papel de vítima pode trazer alguns benefícios momentâneos como obter atenção e afeto dos que o rodeiam, a longo prazo, provoca um desgaste emocional e mental e, consequentemente, uma grande frustração. 

Então, o que deve fazer para sair do papel de vítima?

  1. Consciência – diante do desgaste emocional e da frustração faça autoanálise e descubra os seus comportamentos que promovem as suas dificuldades.
  2. Autorresponsabilização – perceba que tem o poder de decisão em todas as suas ações e reações. Responsabilize-se pela suas escolhas e história.
  3. Introspeção – perante os desafios do dia-a-dia, trabalhe no cultivo de vários momentos de reflexão para ponderar quais as aprendizagens ocultas em cada situação. Aceite que as críticas podem ser a sua oportunidade de mudança.
  4. Mudança – a mudança é natural e inevitável. Olhe para as situações como um desafio e estimule o seu lado proactivo: estabeleça objetivos e prioridades e perceba qual o caminho que quer seguir.

Ao continuar no papel de vítima, irá limitar o seu potencial e impedir o seu progresso. É necessário libertar-se do comodismo e assumir um papel autónomo e proactivo nas suas decisões. Tomar as rédeas da mudança pode ser um trabalho difícil, no entanto, o primeiro passo está em reconhecer e quebrar o ciclo da estagnação próprio da vitimização.

Conseguiu identificar-se com esta situação? Gostaria de investir mais na sua mudança mas sente que é um trabalho árduo para fazer sozinho? Comece por procurar ajuda especializada. A Clínica PSIC disponibiliza uma Consulta Informativa Gratuita onde poderá tirar todas as suas dúvidas, receber apoio e conhecer as nossas modalidades de ajuda. As nossas consultas podem ser presenciais ou à distância (online).

0 0 vote
Article Rating
Partilhar
Subscrever
Notificação de
guest

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments