Blog

Deixe de ser sapo fervido…

“ Vários estudos científicos comprovam que um sapo colocado num recipiente, com água da sua lagoa, fica estático durante todo o tempo. A água vai aquecendo e chega mesmo até a ferver. O sapo não reage ao gradual aumento da temperatura (mudanças do ambiente) e acaba por morrer quando a água ferve. lnchadinho e feliz! Por outro lado, um sapo que seja colocado neste recipiente já com a água a ferver salta imediatamente para fora. Meio “cozido”, porém vivo!
No nosso dia-a-dia, no trabalho, na família, na sociedade presenciamos comportamentos similares ao do sapo fervido. Muitos de nós não percebem as mudanças, acham que está tudo bem, que vai passar, que é só dar algum tempo!
Assim, acabam por “morrer” inchadinhos e felizes, sem terem percebido ou avaliado o resultado das suas ações (ou falta de). Outros, ao serem confrontados com novos problemas/desafios/questões, saltam, ou seja fazem o trabalho que é necessário para lidar da melhor forma com o sucedido.
Existem vários sapos fervidos por aí, prestes a morrer, porém vão boiando estáveis e impávidos na água que aquece a cada minuto. Sapos fervidos, que não percebem que o conceito de mudança significa cuidar de uma forma eficiente do lugar que ocupam, no mundo e em si próprios. Não há futuro se não administramos o presente. Desta forma, os sapos fervidos não percebem, que na vida, além de serem eficientes (fazer bem as coisas), precisam de ser eficazes (fazer com que as coisas certas sejam feitas).
Precisamos de estar atentos para não sermos sapos fervidos. Saltemos fora, antes que a água ferva. O mundo precisa de nós, meios chamuscados, mas vivos, abertos para a mudança e prontos para agir.”
Autor Desconhecido

Na PSIC podemos ajudá-lo nesta mudança, deixe de ser sapo fervido! Saiba que através de intervenções específicas de hipnoterapia, terapias psicossensoriais e biofeedback a PSIC, poderá facilitar todo o seu processo de mudança para uma vida mais ativa e positiva. Contacte-nos para uma consulta informativa gratuita.

Jatir Schmitt- Psicóloga Clínica

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Fechar