Os 8 erros mais comuns que interferem na saúde emocional

Uma das áreas para as quais somos frequentemente solicitados é a saúde emocional. E o que é isso da saúde emocional? Para algumas pessoas caracteriza-se pelo equilíbrio entre o corpo, a mente e as emoções. No entanto, a saúde emocional vai muito além disso! Corresponde a várias dimensões da saúde e do nosso ser.

A saúde emocional exige uma atenção e ações conscientes com genuína capacidade de influenciar a sua saúde e, por consequência, gerar o equilíbrio emocional. Essa consciência surge através de amor para consigo mesmo, autocuidado, carinho e afeto genuínos em tudo o que faz e envolve vários fatores como a nutrição, o seu descanso, o ambiente envolvente, as suas relações, a realização de exercício, as suas ocupações e também a sua mente e desenvolvimento pessoal e espiritualidade. O equilíbrio emocional significa estar de corpo e alma no mesmo lugar e tempo – no aqui e agora, em paz e em sintonia com aquilo que decidir.

A capacidade de estar em equilíbrio é uma arte que para muitos é natural, no entanto para outros pode ser mais difícil. Nesses casos, é necessário fazer uso de algumas ferramentas para desbloquear barreiras e objeções internas, abrindo o caminho para o equilíbrio natural, sem quaisquer obstáculos.

Estes são os 8 erros mais comuns das pessoas que não estão em equilíbrio e que contribuem para a redução da saúde emocional:

  1. Esquecem de ouvir, sentir, questionar e compreender os sinais de alerta do próprio corpo, ou seja, de estarem atentos às suas reações e agirem imediatamente para entendê-las e auto socorrer-se.
  2. Aceitam os sintomas de forma passiva, dando atenção somente quando o corpo sucumbe, sem perceber todas as facetas que envolvem o adoecer.
  3. Deixam de planear a manutenção do grande presente que recebem ao nascer: os recursos naturais para a saúde plena.
  4. Omitem dos profissionais de saúde informações relevantes sobre o seu estado emocional.
  5. Desvalorizam a própria motivação para dar o seu melhor, sem se darem conta de que a perderam.
  6. Desempenham um papel passivo no cuidado da sua saúde, deixando-se adoecer.
  7. Ignoram os sentimentos e opiniões das pessoas envolvidas. Se conseguirem envolver as outras pessoas no movimento para a saúde, dialogando e partilhando o que sentem, tornam muito mais fácil, natural e produtiva a limpeza das emoções tóxicas.
  8. Negligenciam a atitude de gratidão, principalmente quanto aos recursos recebidos e à vida saudável na manutenção do equilíbrio emocional.

A Clínica PSIC utiliza abordagens convencionais na área de Psicologia Clínica, integrando abordagens não convencionais como coadjuvantes para auxiliar a eliminação e/ou superação dos sintomas psicoemocionais e comportamentais. Atua também com processos preventivos no sentido de desenvolvimento pessoal e autoconhecimento. Se procura encontrar o seu equilíbrio emocional ou até mesmo apostar no seu desenvolvimento pessoal, marque uma consulta informativa gratuita e saiba como podemos ajudar, nomeadamente através do nosso programa intensivo Detox Emocional. As nossas consultas podem ser presenciais ou à distância.

Partilhar

Deixe um comentário

avatar

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

  Subscrever  
Notificação de