Blog

Porque sentimos culpa

No contexto atual desta pandemia Covid-19, é frequente que o sentimento de culpa seja reforçado. Porque é importante compreender para vencer, deixamos-lhe 7 respostas sobre o tema da Culpa.

7 respostas sobre a Culpa:

1 – O que é a Culpa?

A culpa envolve um mau comportamento ou, simplesmente, a crença de ter feito algo errado. E prende-se, em geral, com alguma má ação que ofende, ignora ou provoca danos a outrem, violando com frequência valores pessoais, uma regra ou uma norma social.

 

2 – Como é que o cérebro processa a Culpa?

Alguns estudos apontam que existe uma região específica no cérebro que é ativada quando o sentimento de culpa é experienciado. E, curiosamente, o cérebro dos psicopatas (que por definição, não sentem culpa) do ponto de vista anatómico e funcional é diferente. Há diferenças nas áreas que processam a cognição e o raciocínio e nas que processam a atividade emocional. A conexão entre estas duas áreas falha, ou seja, quem apresenta lesões nessas áreas tem falta de empatia, de medo, de angústia, de sentimentos de culpa e de vergonha.

 

3 – Como identificamos a culpa na expressão facial?

A culpa pode ser identificada através de 3 expressões faciais:

  1. Evitar o olhar do acusador
  2. Manter as pálpebras baixas e semicerradas
  3. Lançar ao acusador apenas alguns olhares furtivos

 

4 – Qual a relação da culpa com a pandemia Covid-19?

Uma das fontes de origem deste sentimento é a pandemia em que vivemos:

  1. Sentir-se responsável pela contaminação do próximo
  2. Ter dificuldade em dar apoio aos familiares/amigos nos hospitais
  3. Manter a distância dos familiares
  4. Ter sido infetado e ter ficado bem – síndrome do sobrevivente
  5. Ter sido impedido de homenagear um ente querido
  6. Ter sido imprudente para com as medidas de segurança
  7. Sentir-se impotente perante a vida

 

5 – Quais os aspetos favoráveis da culpa?

  1. Incentivo para alterar e/ou melhorar a nossa conduta
  2. Esculpa uma melhor versão de nós próprios
  3. Limita os interesses pessoais
  4. Abre espaço para as ações altruístas

Leia também:

Porque é urgente libertar-se da mágoa (e como)

6 – Qual a melhor cura para a culpa?

O perdão. O perdão que recebemos dos outros e o perdão que podemos conceder a nós próprios. Pode surgir em forma de arte, numa pintura ou numa carta, cada um pode encontrar a melhor forma de se expressar e exteriorizar o que sente.

 

7 – Quando procurar ajuda?

Quando a culpa começa a condicionar e a causar prejuízos na sua vida. Problemas de saúde física, emocional e mental; isolamento social; dificuldades e baixa produtividade no trabalho e conflitos na família são indícios de que uma ajuda profissional é necessária.

 

Na PSIC oferecemos uma consulta informativa que pode ser online ou presencial. Saiba mais aqui sobre o nosso programa intensivo – Detox Emocional Intensivo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Fechar