SOS Ansiedade

Sabia que 15% da população sofre de ansiedade? Talvez se insira nessa percentagem. Tem momentos em que os pensamentos não páram e se apoderam de si, a respiração começa a ficar descontrolada, fica com o corpo tenso e sem saber o que fazer, tenta relaxar a todo o custo, mas não consegue e os pensamentos negativos ficam ainda mais intensos, começa a sentir vergonha e fica sem saber o que fazer…

Veja este pequeno vídeo e verifique se se identifica com estes sintomas:

Se a ansiedade é a sua realidade, uma coisa é certa, se nada fizer, o sofrimento será cada vez maior. Aqui estão algumas sugestões para aliviar este sofrimento:

  • Em alguns momentos do seu dia, faça várias pausas de breves instantes para respirar e tirar a tensão do seu corpo
  • Tenha momentos de lazer, tanto só, como na companhia de alguém
  • Consuma alimentos que tenham aminoácidos e vitaminas, pois aumentam os níveis de serotonina responsáveis pelo prazer e bem-estar
  • Beba chá de plantas calmantes como: camomila, alecrim, cidreira, passiflora, chá de banana, chá de alface…
  • Realize atividades físicas simples como: caminhadas, andar de bicicleta, subir e descer escadas, brincar com crianças, passear animais…
  • Ao fim do dia, tenha um momento só seu, desligue-se: tire o som do telemóvel, faça uma breve meditação
  • Prepare-se, crie um ritual de recolhimento e descanse antes de ir dormir…

Caso sinta que os sintomas persistem e que continuam a perturbar a sua vida, é importante procurar ajuda especializada para que tenha um acompanhamento adequado e eficaz.

A hipnose e a psicoterapia associadas ajudam a entender as razões da sua ansiedade, trabalham com a sua mente inconsciente, dando-lhe apoio, mudam a sua programação interna, os seus hábitos inadequados e dão um novo significado às suas emoções.

Contacte-nos para marcar uma consulta informativa gratuita. As nossas consultas podem ser presenciais ou à distância (online).

0 0 vote
Article Rating
Partilhar
Subscrever
Notificação de
guest

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments