Porque sentimos culpa?

No contexto atual desta pandemia Covid-19, é frequente que o sentimento de culpa seja reforçado. Porque é importante compreender para vencer, deixamos-lhe 7 respostas sobre o tema da Culpa.

7 respostas sobre a Culpa:

1 – O que é a Culpa?

A culpa envolve um mau comportamento ou, simplesmente, a crença de ter feito algo errado. E prende-se, em geral, com alguma má ação que ofende, ignora ou provoca danos a outrem, violando com frequência valores pessoais, uma regra ou uma norma social.

 

2 – Como é que o cérebro processa a Culpa?

Alguns estudos apontam que existe uma região específica no cérebro que é ativada quando o sentimento de culpa é experienciado. E, curiosamente, o cérebro dos psicopatas (que por definição, não sentem culpa) do ponto de vista anatómico e funcional é diferente. Há diferenças nas áreas que processam a cognição e o raciocínio e nas que processam a atividade emocional. A conexão entre estas duas áreas falha, ou seja, quem apresenta lesões nessas áreas tem falta de empatia, de medo, de angústia, de sentimentos de culpa e de vergonha.

 

3 – Como identificamos a culpa na expressão facial?

A culpa pode ser identificada através de 3 expressões faciais:

  1. Evitar o olhar do acusador
  2. Manter as pálpebras baixas e semicerradas
  3. Lançar ao acusador apenas alguns olhares furtivos

 

4 – Qual a relação da culpa com a pandemia Covid-19?

Uma das fontes de origem deste sentimento é a pandemia em que vivemos:

  1. Sentir-se responsável pela contaminação do próximo
  2. Ter dificuldade em dar apoio aos familiares/amigos nos hospitais
  3. Manter a distância dos familiares
  4. Ter sido infetado e ter ficado bem – síndrome do sobrevivente
  5. Ter sido impedido de homenagear um ente querido
  6. Ter sido imprudente para com as medidas de segurança
  7. Sentir-se impotente perante a vida

 

5 – Quais os aspetos favoráveis da culpa?

  1. Incentivo para alterar e/ou melhorar a nossa conduta
  2. Esculpa uma melhor versão de nós próprios
  3. Limita os interesses pessoais
  4. Abre espaço para as ações altruístas

Leia também:

Porque é urgente libertar-se da mágoa (e como)

6 – Qual a melhor cura para a culpa?

O perdão. O perdão que recebemos dos outros e o perdão que podemos conceder a nós próprios. Pode surgir em forma de arte, numa pintura ou numa carta, cada um pode encontrar a melhor forma de se expressar e exteriorizar o que sente.

 

7 – Quando procurar ajuda?

Quando a culpa começa a condicionar e a causar prejuízos na sua vida. Problemas de saúde física, emocional e mental; isolamento social; dificuldades e baixa produtividade no trabalho e conflitos na família são indícios de que uma ajuda profissional é necessária.

 

Na PSIC oferecemos uma consulta informativa que pode ser online ou presencial. Saiba mais aqui sobre o nosso programa intensivo – Detox Emocional Intensivo.

Partilhar

As 5 perguntas essenciais sobre o sentimento de culpa

Talvez seja uma pessoa que carregue culpa de situações do passado. Provavelmente, o erro até pode ter sido perdoado pelo outro, mas você não se perdoa, toma decisões para se punir, critica-se e não consegue seguir com a sua vida. O sentimento de culpa gera um peso muito grande dentro de si e para se libertar da culpa, é preciso entender como funciona o sentimento de culpa.

1 – Como surge o sentimento de culpa?

O desenvolvimento da culpa teve início na sua infância, baseada na construção das suas relações, como por exemplo, com os seus pais, familiares, professores e amigos. Essas relações guiam a forma como vai ver o mundo e como vai interpretar cada ação. O sentimento de culpa surge quando avalia um comportamento seu como reprovável e se julga de forma negativa, acreditando que não consegue viver de acordo com a sua ação passada.

2 – Como se manifesta o sentimento de culpa?

O sentimento de culpa pode manifestar-se pela vergonha e/ou raiva, aliando-se a pensamentos do tipo “Porque é que fiz isto?”, “Nunca me vou perdoar” ou “Nem acredito que agi assim”. Se não conseguir sair dessa espiral, a culpa pode dominar a sua vida e criar inúmeros problemas.

3 – Quais as consequências do sentimento da culpa?

Complexo de inferioridade, medo do fracasso e exigência exagerada em relação a si e ao outro. Por norma, pessoas perfeccionistas não abrem espaço para o erro, para possíveis fracassos, e quando isso acontece surge a culpa e aumenta a autocrítica, a autopunição e, consequentemente, o sofrimento.

4 – O sentimento de culpa pode ser positivo?

Sim! O sentimento de culpa pode ser positivo se ajudar a desenvolver melhores alternativas para situações semelhantes à que aconteceu no passado.

5 – Como lidar com o sentimento de culpa?

  • Desenvolva o autoperdão e deixe o erro onde ele aconteceu – no passado.
  • Trabalhe a sua autocompaixão: pense o que diria a um amigo que se estivesse nessa situação e diga essas palavras a si mesmo.
  • Amplie a sua consciência e perceba as melhorias na sua vida.

A Clínica PSIC ajuda na limpeza da carga emocional para ativar os recursos internos e também oferece ferramentas que possibilitam o alcance do seu bem-estar e da paz pessoal. Saiba como, através da marcação de uma consulta informativa gratuita! As nossas consultas podem ser presenciais ou à distância (online).

 

Partilhar